E se roubarem minha ideia?

Um grande medo quando a gente começa a escrever nossos projetos como roteirista é o plágio. Temos receio de que a nossa brilhante e criativa ideia seja furtada por meios ardilosos e que percamos a oportunidade de vender e comercializar a nossa ideia. Mas será que a nossa ideia realmente é tão única assim? E o que nós podemos fazer para protegê-la?

Diálogo expositivo

Uma das maiores preocupações quando você escreve o piloto de uma série é ter a consciência de que o público vai entrar pela primeira vez no universo dela, e você precisa fazer com que a audiência entenda tudo o que está acontecendo nesse universo – e entenda rápido. Para que o público compreenda quem são…

Flashback e Flashforward

Se tem um recurso narrativo que o roteirista amador acha que está arrasando quando usa, esse recurso é o flashback. Nesse post vou falar de flashback e flashforward e também vou explicar pra vocês porque não é pra sair usando esse recurso inconsequentemente. Quer usar Flashback e/ou Flashforward em seu projeto, mas não domina a…

A história da Netflix

Você sabia que a Netflix é uma empresa fundada em 1997? Existe streaming desde 97? Em 97 quase não tinha internet… Exatamente, então, você segue comigo até o final desse conteúdo pra entender como uma empresa de aluguel de DVD se tornou o que é hoje. Fundada por Marc Randolph e Reed Hasting no ano…

Bloqueio criativo existe?

Quem tem me acompanhado mais no Instagram já deve saber que eu não ando perdoando muito as pessoas que escrevem roteiro no achismo. E essa coisa de escrever e realizar criações artísticas acabou criando um “fenômeno” chamada bloqueio criativo. Pra gente entender o que é bloqueio criativo e como ele amedronta as pessoas, a gente…